Páginas

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

UM SONHO DE LIBERDADE AMANDA ALVES SALDANHA SUELEN DONATTO ROSA

UNIVERSIDADE DE CUIABÁ
CURSO DE CIENCIAS CONTÁBEIS
 
 
REDAÇÃO DO FILME “UM SONHO DE LIBERDADE”
 
AMANDA ALVES SALDANHA
SUELEN DONATTO ROSA
O filme “Um sonho de liberdade” mostra a realidade em presídios com rigorosas administrações, e apresenta a esperança e a persistência como formas de vencer desafios.
No decorrer do filme é observado varias formas de organizações, como o modelo da administração cientifica criado por Frederick Winslow Taylor, que se baseia na aplicação do método científico na administração com o intuito de garantir o melhor custo e beneficio aos sistemas produtivos. Taylor procurava uma forma de aumentar os níveis de produtividade fazendo com que o trabalhador produzisse mais e em menos tempo, sem elevar os custos de produção.


Existem os princípios fundamentais dessa teoria, os quais são, o principio de planejamento que o trabalho deve ser planejado e testado a fim de reduzir e racionalizar a sua execução. O principio de preparo dos trabalhadores, que é selecionar os operários de acordo com as suas aptidões e então prepará-los e treiná-los para produzirem mais e melhor. O principio de controle, com a capacidade de controlar o desenvolvimento do trabalho para se certificar de que está sendo realizado de acordo com as normas estabelecidas da organização. E o principio da execução, que é possibilitado de distribuir as atribuições e responsabilidades para que o trabalho seja o mais disciplinado possível.

Como mostrado no filme, na cena em que os detentos estão cumprindo com as tarefas obrigatórias, trabalhando sobe o poder dos guardas com repressão nas situações em que comentem falhas. E também, outros presos que são destinados a determinadas tarefas de confiança, como o velho Brooks que cuidava da biblioteca, que com o passar de algum tempo passou a ter a companhia de Andy para ajuda-lo.

Outra teoria apresentada no filme é a de Henri Fayol. Teoria Clássica da Administração caracterizada pela ênfase na estrutura organizacional e pela busca da máxima eficiência. Criaram então alguns princípios, como a divisão do trabalho, a autoridade que é o direito dos superiores darem ordens e a responsabilidade é a contrapartida da autoridade, portanto devem recebem ordens de apenas um chefe. A ausência da disciplina gera o caos na organização, a ordem deve ser mantida em qualquer situação. O trabalho deve ser em conjunto, em espirito de equipe.

Apresentado em varias cenas do filme, a teoria de Fayol. Os detentos inventam ocupações para se entreter além das tarefas obrigatórias, esses afazeres são necessários para que os presos não entrem em depressão, para que se sintam útil, e que possa se interagir com os grupos fazendo com que o tempo passe mais rápido. E também uma forma de reabilitação.

Mostrado em algumas cenas, a hierarquia ocorria entre os presos, que determinavam algumas regras entre si, por exemplo, uma regra é que toda a troca, todo negocio seria feito em troca de cigarros, outra norma seria a manifestação dos presos a cada novato que chegava, apostas que faziam do comportamento dos novatos nos primeiros desesperos. Por final ainda existiam as regras estabelecidas pelos homossexuais, que forçavam os outros para satisfazerem seus desejos.

E então os presos se comportam, não pela curiosidade do que irá acontecer, mas em troca de seus infinitos desejos infringindo as leis da prisão, logo as punições também são aplicadas a estes. Os guardas são agressivos, espancam, humilham, prendem o detento em uma solitária, seja por uma semana ou por meses, a punição dependerá do grau da transgressão, sendo que nem sempre isso acontece com justiça. Os trabalhos destinados são sempre em grupos.

A teoria de Max Weber é a Burocracia, que se caracteriza na racionalidade do ponto de vista das atividades desempenhadas na organização, com autoridade, poder, hierarquia, disciplina, ordem e controle, assim como as outras teorias. A Burocracia, portanto busca amenizar as consequências das influências externas à organização e harmonizar a especialização e o controle das suas atividades de modo atingir os objetivos organizacionais através da competência e eficiência.

Como na cena em que é destinado ao Andy, a usar os seus conhecimentos de banqueiro e sua inteligência, para ajudar os que o procuravam, principalmente o diretor, que roubava e tinha a disposição o trabalho de Andy que com certeza lhe apoiava.

Já Armitai Etzione afirma que para cada tipo de organização é definido pelo tipo de poder exercido sobre as pessoas, e ainda afirma que cada tipo de poder da origem a um tipo de obediência. O tipo de poder determina o tipo de obediência. Há três tipos de poder, três tipos de contrato psicológico e consequentemente três tipos principais de organizações. As organizações que utiliza uma estrutura dupla de obediência, as quais são Poder Cartesiano, Organização de Combate, Empresas que empregam Presidiários, Poder Normativo, Poder Utilitário, Organizações Sindicais.

Nas organizações com o poder coercitivo, usufrui o poder da força física em que é o seu principal meio de controle. Nas organizações utilitárias a remuneração e o principal meio de controle, nessas organizações o envolvimento calculista caracteriza a orientação da grande maioria.

Já nas organizações utilitárias a remuneração normativa que são as religiosas, organizações politicas de forte programa ideológico, hospitais gerais, universidades, e Ong’s, de forma geral dependem muito mais do comprometimento dos participantes operacionais do que de recompensa.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário